Tire suas dúvidas sobre o pagamento do BENEFÍCIO EMERGENCIAL aos trabalhadores que tiveram o salário e a jornada de trabalho reduzidos ou o contrato de trabalho temporariamente suspenso em razão do novo coronavírus.

 

⚠⚠ATENÇÃO: Não confunda o Benefício Emergencial
com o Auxílio Emergencial!

 

O Benefício Emergencial é um valor que o governo vai pagar para o funcionário de empresa privada, de carteira assinada, que tiver o seu contrato de trabalho suspenso ou reduzido pela empresa em que trabalha.

 

Já o Auxílio Emergencial é um valor que será pago pelo governo ao trabalhador informal, autônomo, desempregado e MEI. Serão 3 parcelas de R$600,00. O Auxílio Emergencial está regulamentado na Medida Provisória 908.